Exposição divulga tecnologia brasileira para biocombustíveis

O Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva fará a abertura da 1ª Exposição Internacional de Biocombustíveis, organizada pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e pelo Arranjo Produtivo do Álcool (APLA), em São Paulo, no dia 17 de novembro. A mostra reunirá 70 expositores, entre empresas, entidades setoriais e órgãos de governo, para mostrar a tecnologia brasileira para a produção de biocombustíveis.

Carros e motos com motor flex-fuel, dois ônibus movidos a biodiesel e até um avião movido a etanol serão apresentados ao público, bem como equipamentos, tecnologias de produção e pesquisa. Os visitantes poderão se informar sobre toda a cadeia produtiva, incluindo o cultivo das plantas – melhoramento genético e tratamento do solo-, os tipos de biocombustível aplicados em motores de veículos diversos e a logística de transporte do biocombustível.

O evento servirá como plataforma para disseminar o uso da tecnologia flex-fuel desenvolvida no Brasil que permite um único automóvel a ser abastecido tanto com álcool como gasolina, fator já consolidado na indústria automobilística brasileira. Hoje 90% dos automóveis fabricados no Brasil já contam com essa tecnologia. Estima-se que somente o etanol movimente em torno de R$ 40 bilhões anuais no país.

Para a realização da Exposição, a Apex-Brasil e o APLA contam com a parceria de entidades como a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ), Associação Brasileira da Indústria Química (ABIQUIM), Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças), União da Indústria de Cana-de-açúcar (UNICA), Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e de Lubrificantes, CTC- Centro de Tecnologia Canavieira e União Brasileira do Biodiesel – Ubrabio.

Conferência

A mostra acontece paralelamente à 1ª Conferência Internacional sobre Biocombustíveis, organizada pela Casa Civil e pelo Ministério das Relações Exteriores, que vai reunir chefes de Estado, autoridades públicas, comunidade científica e acadêmica, iniciativa privada, sociedade civil e ONGs.

Com o tema “Os biocombustíveis como vetor do desenvolvimento sustentável”, a conferência vai debater temas como segurança energética, produção e uso sustentáveis, agricultura, processamento industrial, além de questões ligadas a especificações e padrões técnicos, comércio internacional, mudança do clima, e o futuro dos biocombustíveis.

X