Executivo renuncia ao Conselho da Tonon Bioenergia

tonO administrador de empresas Gerson Ferreira renunciou ao cargo de integrante do Conselho de Administração da Tonon Bioenergia. A renúncia foi aceita em assembleia pelos acionistas da companhia sucroenergética. A aceitação foi por unanimidade.

Leia também: Tonon registra prejuízo acima de R$ 1 bilhão 

Tonon pede recuperação judicial 

Ferreira pediu renúncia do cargo em 22 de fevereiro deste ano. O pedido foi aprovado pelos acionistas em março e tornado oficialmente público no começo deste mês de agosto.

O executivo foi alçado ao Conselho de Administração da Tonon em  1° de setembro de 2015.

Saiba mais sobre a Tonon

Com mais de 50 anos de história, a Tonon Bioenergia é formada pelas unidades Santa Cândida (Bocaina-SP), Paraíso (Brotas-SP) e Vista Alegre (Maracaju-MS), que juntas empregam cerca de 5 mil colaboradores. A companhia tem capacidade de moagem de cana-de-açúcar de aproximadamente 8,2 milhões de toneladas por safra, conforme informações da empresa em 2014.

A empresa atua na fabricação de açúcar (granulado refinado e VHP) e etanol anidro e hidratado.

A Tonon Bioenergia é autossuficiente em energia graças à utilização do bagaço da cana como matéria-prima. O excedente produzido é comercializado pelas empresas parceiras da Tonon na cogeração: a Energisa, nas unidades Santa Cândida e Vista Alegre; e a Rhodia/Solvay, na Unidade Paraíso. Além dessas, a companhia é a única no Brasil a ter uma parceria com a Amyris, produtora de farneseno.

Em 2010, a empresa tornou-se a primeira do setor sucroenergético a firmar uma parceria com o FIP DGF Terra Viva, que tem como seus cotistas o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDESPar), Fundo de Financiamento de Estudos de Projetos (Finep), Funcef, Petros, Previ, Funchesf, Banesprev, Fibra e DGF Investimentos.

 

 

X