EUA são verdadeiro risco-Brasil, diz Antônio Ermírio

O empresário Antônio Ermírio de Moraes, vice-presidente do conselho de administração do Grupo Votorantim, disse, nesta terça-feira à tarde, que o grande risco que o Brasil enfrenta no momento é o da “situação do hemisfério Norte”. Segundo ele, o descontrole econômico é muito grande nos Estados Unidos, onde a poupança está concentrada no mercado acionário, que não pára de se desvalorizar. “Se a situação nos EUA continuar dessa forma, teremos um novo 29 (crash da bolsa de 1929). Este é o grande risco que temos no momento”, observou. Isso porque, explicou, se os EUA pararem de importar, a Alemanha quebra e o Japão quebra imediatamente a seguir. Ermírio de Moraes disse que não concorda com a avaliação que vem sendo feita do risco-País. Segundo ele, “o pessoal que analisa o Brasil está muito longe daqui”. “Gostaria que estivessem mais perto e tratassem do assunto com mais realidade”, disse. O empresário aproveitou para alfinetar outras economias da América do Sul. Sem citar a qual país se referia, Ermírio de Moraes disse que o brasileiro “tem uma vantagem muito grande em relação a outros países da América do Sul, onde se é muito arrogante e se trabalha pouco”. (O Estado de SP)

X