EUA querem a liderança na produção de álcool

Os Estados Unidos, atualmente segundo maior produtor de álcool do mundo, querem ser os líderes mundiais na produção de etanol nos próximos anos. Segundo Bob Dinneen, presidente da Renewable Fuels Association, que representa 66 indústrias norte-americanas, os EUA estão criando programas para ampliar a produção de etanol. Dinneen participou de uma vídeo-conferência na terça-feira durante o Ethanol Day, a 2a Conferência Internacional sobre a Internacionalização do Álcool, com apoio do Procana Centro de Informações Sucroalcooleira.

Os EUA produzem cerca de 7,5 bilhões de litros de álcool e, o Brasil, 11 bilhões de litros. De acordo com o executivo, há 13 destilarias em construção, com capacidade para 3 bilhões de galões de álcool. Dezessete estados norte-americanos proibiram o uso de MTBE na gasolina.

EUA querem a liderança na produção de álcool

Os Estados Unidos, atualmente segundo maior produtor de álcool do mundo, querem ser os líderes mundiais na produção de etanol nos próximos anos. Segundo Bob Dinneen, presidente da Renewable Fuels Association, que representa 66 indústrias norte-americanas, os EUA estão criando programas para ampliar a produção de etanol. Dinneen participou de uma vídeo-conferência na terça-feira durante o Ethanol Day, a 2a Conferência Internacional sobre a Internacionalização do Álcool, com apoio do Procana Centro de Informações Sucroalcooleira.

Os EUA produzem cerca de 7,5 bilhões de litros de álcool e, o Brasil, 11 bilhões de litros. De acordo com o executivo, há 13 destilarias em construção, com capacidade para 3 bilhões de galões de álcool. Dezessete estados norte-americanos proibiram o uso de MTBE na gasolina.

X