EUA devem importar mais açúcar na safra 2017/18

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Navio sendo abastecido com açúcar VHP

A previsão sobre a produção de açúcar nos Estados Unidos em 2017/18 foi ligeiramente revista para baixo pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla, em inglês) de 8,137 milhões no relatório de agosto para 8,100 milhões de toneladas métricas.

Ao mesmo tempo, com o objetivo de atender a crescente demanda doméstica (com taxa média de crescimento de 1,5% ao ano), estimada em 11,361 milhões de toneladas métricas em 2017/18, os EUA terão que expandir as importações para além do esperado.

Tomando como cenário base a quota tarifária de 1,549 milhão de toneladas métricas, o USDA prevê como necessária a importação de 1,607 milhão de toneladas de açúcar do México, ante as 1,555 milhão de toneladas projetadas anteriormente e 1,103 milhão de toneladas importadas em 2016/17.

Como resultado, a relação estoque/consumo deve atingir 13,2% em 2017/18, contra 14,1% na safra anterior e 17,0% em 2015/16.

Quotas definidas – A secretaria de Comércio Exterior dos EUA (USTR) publicou a distribuição das quotas tarifárias para a importação de açúcar bruto de cana entre os países fornecedores para a temporada 2017/18 (Out/Set). A secretaria estabeleceu uma quota de 1.231.497 toneladas curtas, valor cru, que é a quantia mínima com a qual os EUA se comprometeram de em acordo com a Organização Mundial do Comércio (OMC).

Fonte: InfoMoney

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.