Etanol no Japão

A Petrobras Biocombustível espera produzir 1 bilhão de litros de etanol neste ano, no Brasil, segundo o diretor de etanol da empresa, Ricardo Castello Branco.

Até outubro de 2010 foram produzidos 87% desse volume (cerca de 850 milhões de litros). O executivo participou de um seminário sobre biocombustíveis, ontem, em Nagoya, no Japão.

O evento, paralelo à 10ª Conferência das Partes sobre Biodiversidade (COP 10), promoveu a produção de combustíveis renováveis.

Etanol no Japão

O etanol brasileiro vai abastecer carros no Japão. A Cosan, um dos maiores produtores de álcool de cana do mundo, fechou um contrato de três anos para fornecer 80 milhões de litros por ano para a Mitsubishi. Lá o etanol substituirá o MTBE, um aditivo altamente tóxico misturado à gasolina. Não há previsão de uso do etanol como combustível no Japão.

Etanol no Japão

O Ministério do Meio Ambiente do Japão pediu às refinarias de petróleo que misturem etanol diretamente à gasolina, para reduzir a emissão de gases geradores do efeito estufa. A meta do governo é elevar o consumo de etanol para 500 milhões de litros até 2010. As refinarias, no entanto, alegam que a mistura reduziria a qualidade do combustível e querem acrescentar etil-terciário-butil-éter (ETBE), um aditivo produzido a partir do etanol e do isobutileno. As informações são da agência Bloomberg.

X