Etanol é competitivo em oito estados; MT lidera vantagem, afirma ANP

De acordo com dados divulgados na semana passada pela ANP – Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis abastecer com etanol em vez de gasolina está vantajoso somente em oito Estados.

O combustível é competitivo no Ceará, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo e Tocantins. Na Bahia, Maranhão e Pernambuco e Rondônia é indiferente a utilização de etanol ou gasolina no tanque. Nos 14 Estados restantes e no Distrito Federal, a gasolina é mais vantajosa.

No Estado de São Paulo, que concentra quase 60% do consumo de etanol no País, o combustível apresenta a terceira maior vantagem entre os Estados, perdendo apenas para Goiás e Mato Grosso. Segundo o levantamento, em São Paulo, o preço do etanol está em 64,22% do preço da gasolina (até 70% o etanol é competitivo). Em Mato Grosso, a relação é de 59,57%, em Goiás de 62,06%, no Paraná de 66,09% e em Mato Grosso do Sul de 66,21%. Abastecer com gasolina está mais vantajoso principalmente em Roraima (preço do etanol é 82,59% do valor da gasolina) e no Acre (79,52%).

Interior de SP – Os preços do etanol nos postos de combustíveis em Ribeirão Preto estão entre os menores do Estado e de todo o País, de acordo com a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O levantamento mostra que o menor índice de comercialização do combustível no Estado na semana passada, de R$ 1,29, foi registrado na cidade. Em média, o etanol é vendido por R$ 1,56 em São Paulo e R$ 1,71 no País. Em Ribeirão, a média de preços é de R$ 1,37. Na cidade, alguns postos de bandeira branca vendem há semanas o produto há R$ 1,34/litro.

X