Estudo revela intenção de plantio de cana e aponta variedades que serão destaques em 2019

Estudo do Centro de Cana do Instituto Agronômico (IAC), da Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, revela a intenção de plantio de cana-de-açúcar pelas usinas e fornecedores.

O levantamento foi coordenado por Marcos Landell, diretor do Centro de Cana IAC, e por Rubens Braga Júnior, consultor em planejamento estratégico, e apresentado na terça-feira (20/11) durante a 7ª Reunião do Grupo Fitotécnico de Cana-de-Açúcar.

O objetivo do estudo é levantar informações sobre a intenção de plantio de variedades, entre os meses de abril desde 2018 e março de 2019 em todas as unidades produtoras de cana-de-açúcar (usinas, destilarias, associações de fornecedores, etc.).

“A coleta de informações começou em setembro e foi encerrada em novembro”, diz Braga Júnior, que está à frente da coordenação do trabalho que entra no terceiro ano.

Segundo Landell, os resultados alcançados fazem o levantamento de intenção de plantio bater recorde porque reúne informações de 165 unidades em 791.053 hectares canavieiros.

Leia também: 

O que executivos de usinas e especialistas têm a dizer sobre açúcar?

JornalCana apresenta a seguir 10 slides sobre a intenção de plantio de cana pelas usinas e fornecedores em todos os estados canavieiros exceto os da região Norte e Nordeste, que terão censo exclusivo e em fase de produção pelos técnicos.

165 empresas em quase 800 mil hectares de área amostrada

 RB867515 é a grande campeã em intenções de plantio no Centro-Sul 

 

Confira as intenções de plantio por estados canavieiros

 

Intenção de plantio em Goiás: RB867515 e CTC4 lideram

 

Mato Grosso do Sul: RB867515 e RB966928 na liderança

 

Em Minas Gerais, disputam a liderança a RB867515 e CTC9001

 

Paraná: intenção destaca a RB867515 em primeiro lugar

 

São Paulo: RB966928 fica em primeiro na intenção de plantio 

 

Estados da Bahia, Mato Grosso e Tocantins: CTC4 na liderança

 

 

X