Estudantes de Dallas pesquisam etanol brasileiro

Estudantes de MBA (Master Business of Administration) da Universidade de Dallas, nos Estados Unidos, visitaram esta semana a sede da Unica (União da Indústria da Cana-de-Açúcar), em São Paulo, SP, para compreender a dinâmica da indústria brasileira da cana para a economia e o meio-ambiente no mundo.

O grupo, composto por profissionais de diferentes setores econômicos que pretendem realizar um estudo de campo no setor sucroenergético, foi recebido pelo consultor de emissões e tecnologia da Unica, Alfred Szwarc. Ele destacou a necessidade de se eliminar barreiras tarifárias e não-tarifárias para o crescimento do mercado mundial de biocombustíveis.

Szwarc frisou que o etanol pode ser produzido em dezenas de países e representa uma oportunidade para a diversificação energética e desenvolvimento rural. “Além de originar-se de fonte renovável, diminui a emissão de gases de efeito estufa em até 90% quando comparado com a gasolina”, afirmou.

Questionado pelos visitantes sobre o uso da terra e o debate alimentos versus biocombustíveis, Szwarc esclareceu que os canaviais estão distantes das florestas e outros biomas mais sensíveis. De acordo com ele, apesar da expansão do cultivo da cana no País, a produção de grãos foi duplicada na última década. (com informações da Unica)

X