Epamig pesquisa variedades melhoradas de cana para bovinos

A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) apresentou, na semana passada, os resultados de uma pesquisa, realizada desde 2002, que mostra o comportamento de variedades melhoradas de cana-de-açúcar para alimentação de bovinos. A variedade RB 86-7515, cultivada sob irrigação, revelou alto potencial de nutrientes, melhorando o desempenho do gado.

Segundo o pesquisador da Epamig, Geraldo Antônio Resende Macêdo, as variedades melhoradas de cana-de-açúcar foram desenvolvidas sob irrigação e sequeiro. “Fizemos uso da irrigação em diversas variedades de cana e elas mostraram que, mesmo tendo um teor de fibra mais elevado, o desempenho do animal foi melhor”, conta.

A RB 86-7515 mostrou alto potencial produtivo sob irrigação. As fêmeas mestiças ¾, de rebanhos leiteiros, alimentadas com esta variedade, tiveram excelente desempenho, segundo Macêdo. “A fibra que estava mais elevada na cana irrigada foi mais digestiva, permitindo que o animal consumisse maior quantidade e ingerisse mais açúcar. Dessa forma, o animal converteu mais nutrientes da cana, melhorando seu desempenho”, explica.

O resultado da pesquisa foi apresentado durante o 3º Dia de Campo Cana-de-açúcar, realizado na Fazenda Experimental de Santa Rita (FESR), em Prudente de Morais, MG. O evento reuniu aproximadamente 200 produtores rurais da região, que participaram das atividades em quatro estações de trabalho.

Na estação “utilização da cana-de-açúcar na alimentação bovina” o pesquisador da Epamig, José Joaquim Ferreira, falou sobre a alimentação bovina com o uso do Concentrado Nitromineral Epamig-Cana e do Concentrado Nitroprotéico Epamig-Cana. Segundo ele, em 42 dias de análise, os animais que receberam estes concentrados apresentaram maior ganho de peso e melhor conversão de alimento consumido e de sal mineral ingerido.

X