Entressafra contribui em resultado de pesquisa em PE

O setor sucroalcooleiro voltou a influenciar o desempenho industrial do estado de Pernambuco. O estado registrou o segundo pior resultado de produção industrial física do País durante o mês de abril, quando em comparação com o mesmo período do ano passado. A queda foi de 7,7% segundo dados do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O setor alimentício apontou um declínio de 7,7%, puxado principalmente pela queda no processamento da farinha de trigo e açúcar. A queda na produção de açúcar é atribuída ao início da entressafra em março. O setor sucroalcooleiro responde por cerca de 40% da produção industrial pernambucana e é um dos que possui mais peso em sua composição.

As maiores quedas na produção de industrial de abril foram nos setores de vestuário e calçados (queda de 32,4%), matérias plásticos (retração de 26,6%), minerais não-metálicos (queda de 17,3%) e alimentos (que teve uma retração de 7%). Pernambuco registrou queda em 11 dos 14 setores econômicos pesquisados. O estado que registrou a maior queda foi Santa Catarina (-10%). No acumulado dos primeiros quatro meses do ano, houve um crescimento de 0,6% no Brasil, queda de 1,7% no Nordeste e de 1,9% em Pernambuco.

X