Empresas se unem para desenvolver o 1o. trator flex do País

Um trator MF 275, de 75 CV de potência, movido a etanol e diesel, foi uma das novidades apresentadas na Expointer 2008, em Esteio-RS. Ainda em fase de desenvolvimento, o motor bicombustível é resultado de uma parceria entre as empresas Massey Ferguson, MWM International e a Delphi. Líderes em seus segmentos, as três empresas, que já possuem experiência em pesquisas com combustíveis alternativos, se uniram para promover o desenvolvimento da nova tecnologia.

O projeto nasceu de um antigo anseio de clientes específicos, e somente neste ano começou-se a trabalhar para atender a essa nova demanda, informa Luiz Ghiggi, vice-presidente de engenharia da AGCO, fabricante da Massey Ferguson. “Uma parceria entre três empresas foi a forma que consideramos ser a mais apropriada: a Delphi, no desenvolvimento do sistema de injeção; a MWM International, na integração do sistema de injeção ao motor; e a AGCO, fabricante da marca Massey Ferguson, na incorporação do novo motor ao trator”, diz.

As pesquisas partiram de um motor a diesel, utilizando-se uma combinação de etanol e diesel mantidos em dois tanques separados. O motor possui dois sistemas distintos de alimentação – um para cada tipo de combustível, e a mistura somente se dá na câmara de combustão. O circuito de diesel existente não é alterado; somente a bomba injetora sofre uma modificação, para diminuição da falta de combustível quando a alimentação de etanol for acionada. “O circuito de etanol é independente do circuito de diesel e é muito similar ao encontrado em aplicações automotivas, incluídos os mesmos componentes dessas aplicações , como bomba de combustível, filtro, bicos injetores etc”, informa Ghiggi.

X