Empresa investe R$ 8 milhões na ampliação de sua filial

img7048

A Tubos Ipiranga – distribuidora de tubos de aço e conexões e fabricante de tubos de grandes diâmetros e de trefilados – tem investido fortemente nos últimos meses, em ampliações de filiais e estoques de materiais.

A filial de Sertãozinho (interior de São Paulo) recebeu R$ 8 milhões de reais para ampliar sua capacidade de estoque que passou para 10 mil toneladas, o que resultou em 48 mil m² de área e 7 mil de construção. “Iniciamos nossas atividades nesta unidade (hoje filial). A localização foi muito bem sucedida principalmente para atender o polo sucroalcooleiro localizado nesta região. A Empresa está onde o cliente está. Buscamos otimizar nosso trabalho e do cliente também”, ressalta Alexandre.

De acordo com o CEO, Alexandre Plassa, a estrutura está baseada em 80% na distribuição de produtos de grandes empresas como Tenaris Confab; Vallourec & Mannesmann Tubes (V&M do Brasil); Arcelor Mittal e Pam Saint Gobain e 20% na produção de tubos de grande diâmetro, tubos trefilados e peças na unidade de São Bernardo. “Nosso objetivo é aumentar a participação nas áreas de petróleo, gás, mineração, siderurgia, sucroalcooleiro e saneamento. Renovamos parte do maquinário e consolidamos a cadeia de distribuição em pontos estratégicos do mercado brasileiro. Com a ampliação, a filial de Sertãozinho tem capacidade para 10 mil toneladas de produtos (portfólio completo da Tubos) e carregamentos de 50 caminhões por dia, fator que otimizou o prazo de entrega”, complementa Alexandre.

Fundada em outubro de 1996, a Tubos Ipiranga é dirigida pelo fundador Alexandre Plassa. Localizada na cidade de Ribeirão Pires (Grande ABC), a Tubos é composta de oito filiais localizadas em: Sertãozinho (SP); Americana (SP); Belo Horizonte (MG); Cachoeirinha (RS); Recife (PE); Salvador (BA); Rio de Janeiro e uma unidade fabril em São Bernardo do Campo (SP). Atualmente, conta com aproximadamente 500 colaboradores que atendem os mais diversos âmbitos: petróleo e gás; metalúrgico; siderúrgico; autopeças; instalações prediais; engenharia; offshore; telecomunicações e papel e celulose. Seu portfólio é composto de tubos; conexões; tubos trefilados e peças; aços laminados; tubos mecânicos; eletrodutos e tubos de ferro dúctil.

X