Ecologicamente correto e lucrativo

Faturar sem provocar danos ao meio ambiente – engana-se quem pensa que respeito à natureza não dá dinheiro. Abraçar a causa ambiental pode render faturamento de até R$ 28 milhões por ano.

Investir neste filão foi como unir o útil ao agradável para o casal de químicos Paulo e Solange Bittar, donos da Bluepoint. Criada em 1998, a empresa de Campinas, São Paulo, oferece consultoria ambiental. Da geologia à química e da biologia à engenharia, a Bluepoint fatura R$ 1 milhão anuais, com apenas cinco funcionários. (Jornal do Commercio)

X