Dow mantém interesse em projeto

A Dow diz que mantém o interesse no projeto para a produção de polietileno a partir do etanol da cana-de-açúcar. Esse projeto, contudo, está em “stand-by” porque a parceria da multinacional neste projeto, a Santelisa Vale, de Sertãozinho (SP), foi incorporada em outubro pela multinacional francesa Louis Dreyfus.

O Valor apurou que a Dow e a Louis Dreyfus já se conversaram, mas ainda não bateram o martelo se o projeto será levado adiante pelas duas companhias.

A Dow informou ter interesse nos benefícios que esse projeto trará para o crescimento da companhia no Brasil, assim como nos avanços no desenvolvimento de materiais renováveis, a partir da bioenergia. Segundo a Dow, o mercado de polietileno na América Latina é um dos mais estratégicos para a empresa.

O antigo projeto entre a Dow e a Santelisa previa investimentos de cerca de US$ 1 bilhão em Santa ! Vitória (MG), onde a companhia sucroalcooleira já possui uma estrutura com cana plantada. O Valor apurou que a Louis Dreyfus também tem interesse em seguir com este projeto, mas a empresa ainda não definiu prazos para retomar essa parceria.

X