Diana foi criteriosa na entressafra para evitar parar e gastar mais depois

A Usina Diana superou suas expectativas de produção no ano de 2015. Ricardo Junqueira, diretor da companhia, estima que na safra 2016/17 serão moídos 1,65 milhão de toneladas de cana. Pretende produzir 100 mil toneladas de açúcar e 60 milhões de litros de etanol; sendo 20 mil m3 de anidro.

Mas por ali ninguém baixou a guarda. No início de 2016 a usina realizou a tradicional manutenção de entressafra com muito maior critério e cuidado. “Ao sermos criteriosos na manutenção preditiva evitamos paradas e gastos desnecessários durante o ano”, lembra.

A companhia começará a safra sem investir em tecnologias. Entretanto, está dando mais ênfase nas melhorias operacionais na área industrial e agrícola.

Está instalando novos geradores com paralelismo, rolos perfurados nas moendas e limpeza a seco. “Na área agrícola estamos concluindo a tipificação de todos os nossos solos e vamos tratá-los de acordo com essa tipificação.

Leia matéria completa clicando aqui.

X