Deputados apóiam redução de ICMS no álcool

A maioria dos deputados estaduais de São Paulo deve votar a favor do projeto de lei do governo que prevê a redução do ICMS para o álcool hidratado.

Pelo menos 61 dos 94 parlamentares paulistas estão dispostos a aprovar o projeto, que reduzirá de 25% para 12% a alíquota do imposto, de acordo com os líderes de seis partidos ouvidos pela Folha.

O principal argumento do governo é que a redução faria o índice de sonegação fiscal cair. Estima-se que a sonegação fique em torno de R$ 400 milhões por ano.

Para a aprovação, são necessários 48 votos a favor, maioria absoluta – a Assembléia Legislativa tem 94 deputados. Até mesmo o PT, que apresenta a maior bancada na Assembléia, com 23 deputados, e que faz oposição aberta ao governo do tucano Geraldo Alckmin, deve votar favoravelmente ao projeto.

X