Depois de ano em prejuízo, usina fecha safra com lucro

lucroA Usina Açucareira Furlan S. A., controladora de duas usinas de cana-de-açúcar no interior paulista, registrou lucro líquido de R$ 203 mil na safra 2015/16 após encerrar a 14/15 com prejuízo de R$ 21,1 milhões.

Segundo a diretoria da companhia sucroenergética, as despesas financeiras do ciclo 15/16 alcançaram R$ 42,1 milhões, ante R$ 41 milhões na temporada anterior.

As receitas financeiras somaram R$ 2,5 milhões na 15/16 e R$ 10,3 milhões na 14/15. Com isso, as demonstrações financeiras líquidas alcançaram R$ 39,6 milhões na 15/16 e R$ 31 milhões na 14/15.

Do passivo, os financiamentos e empréstimos somam R$ 107 milhões na 15/16, ante R$ 48,5 milhões na 14/15.

O total do ativo e do patrimônio líquido da companhia sucroenergética é de R$ 619,1 milhões na temporada 15/16 e de R$ 591,2 milhões na safra 14/15.

Diretores da Usina Furlan: Genivaldo Alcides Furlan, Fioravante Cleudemir Fulan, Estevam André Furlan, Pedro Antonio Furlan e José Onair Furlan.

Leia também: Grupo negocia com parceiros para implantar usina 2G

Saiba mais sobre o Grupo Furlan

Conforme a própria companhia sucroenergética, a história do Grupo Furlan teve início em 01/03/1888, quando Gio Batta Furlan, sua mãe Giovanna Gregnol Furlan, sua mulher, Antonia Fagnol Furlan, o filho primogênito (Nicolo), além de primos, primas, tios e tias chegaram ao Brasil pelo porto de Santos, a bordo do vapor San Martino.

Assim que chegaram, os familiares foram trabalhar em Campinas, na fazenda produtora de café Taquaral, de Gabriel Rodrigues de Castro, no atual bairro Taquaral.

Em 26/05/1900, Gio Batta Furlan compra por 300 mil réis o Sítio Matão, com 4.28 hectares, local próximo da atual sede da Furlan, no município de Santa Bárbara D’Oeste (SP).

Em 1910, Antonia Fagnoli Furlan e seus filhos inicia a produção de açúcar batido em engenho movido por tração animal e moendas de madeira. Com a morte de Gio, em 1915, Antonia e os filhos continuam a administrar os negócios da família e a partir de 1928 iniciam a produção de açúcar mascavo, com 300 mil quilos diários.

Em 1941, os irmãos Furlan inauguram usina hidrelétrica. Em 30/11/1949, a empresa recebe o nome de Usina Açucareira Furlan S/A.

Em 1978, a companhia inicia a produção de etanol. Em 2016, o Grupo Furlan comemora 105 anos de atividades junto ao setor sucroenergético brasileiro.

 

X