Delta e Volta Grande iniciam safra 2003/04

Preparado para iniciar a moagem das Unidades Volta Grande e Delta, o Grupo Carlos Lyra realizou na semana passada, dias 29 e 30 de abril, as missas pelo início da Safra 2003/2004. A informação é da assessoria de imprensa do Grupo.

Atualmente capacitadas para moagem total de 5,5 milhões de toneladas de cana, as Usinas Caeté na Região Sudeste se destacam pelo compromisso social, atuando em parceria com prefeituras municipais e órgãos correlatos em projetos para a erradicação do trabalho infantil, o desenvolvimento social e educacional das crianças, buscando capacitá-las para o futuro, através do desenvolvimento e valorização do potencial humano. São também responsáveis também pela geração de mais de 4800 empregos diretos, além de favorecer a capacitação profissional de seus colaboradores, através de cursos na área técnica e comportamental.

Buscando a preservação do meio ambiente, o Grupo atua em projetos como os de reflorestamento de matas ciliares e plantio de árvores em áreas urbanas, além de utilizar técnicas para a conservação e preparo do solo e controle de pragas através do uso de fungos e cotésias, em detrimento à utilização de produtos químicos, garantindo desta forma a manutenção do ambiente limpo e saudável para as nossas futuras gerações.

Participam igualmente de forma importante na geração de caixa para os municípios de Delta e Conceição das Alagoas, uma vez que, em ambas localidades, é a maior contribuinte na arrecadação de impostos, possibilitando o investimento por parte das prefeituras nas áreas de saúde, educação, transportes e ampliação da malha rodoviária, entre outras.

Parte do desenvolvimento sócio-econômico regional ora vivenciado, segundo Robert Lyra – Diretor Superintendente do Grupo – em seu discurso, é resultado do crescimento da moagem em 632% em relação a 1ª safra da Unidade Volta Grande agora em sua oitava safra e de 244% em relação à aquisição da Unidade Delta há três anos. Ambas representam atualmente 21% da moagem total do Estado de Minas Gerais. O resultado deste empreendimento é atribuído à “importante e indispensável colaboração de funcionários, fornecedores de cana, parceiros e arrendatários”, finaliza Robert Lyra.

X