Datagro divulga primeira estimativa para a safra 2009/10

A Datagro, uma das principais consultorias de açúcar e álcool do país, divulgou nesta quarta-feira, dia 26 de novembro, sua primeira estimativa para a safra 2009/10 de cana-de-açúcar.

A produção de cana no Brasil deve ficar em 588 milhões de toneladas, um crescimento de 7,6% sobre o ciclo 2007/08. No Centro-Sul, a produção deve ficar em 520 milhões de toneladas, ante 480 milhões de toneladas da safra 2007/08. No Nordeste, a colheita deve ficar em 68 milhões de toneladas.

Segundo Plínio Nastari, presidente da consultoria, se não fosse a situação financeira delicada pela qual as usinas passam, que foi agravada pela crise financeira global, a colheita no Brasil poderia superar os 600 milhões de toneladas em 2009. Assim como em 2008/09, as usinas devem deixar cerca de 40 milhões de toneladas de cana em pé nos canaviais.

Para 2009/10, a produção de açúcar no Brasil será de 32,9 milhões de toneladas, alta de 8,4% sobre o ciclo anterior. As exportações ficarão em 21,3 milhões de toneladas, aumento de 13,1%. Para o álcool, a oferta nacional está estimada em 27,721 bilhões de litros, aumento de 5,8%. Os embarques deverão recuar 25%, para 3,45 bilhões de litros.

A queda tem como reflexo o recuo dos embarques para os Estados Unidos. Os estoques de passagem também deverão se manter apertados ainda na próxima safra, em 262 milhões de litros, suficientes para apenas cinco dias. “Os preços do álcool estarão firmes durante a entressafra”, afirmou.

Das 35 novas unidades previstas para entrar em operação nessa safra, sete adiaram os planos para 2009. Em 2009, havia uma previsão de que 43 novas usinas começariam a moagem. No entanto, de acordo com a Datagro, apenas 25 plantas devem começar suas operações no próximo ano, incluindo as sete unidades que começariam em 2008.

X