Czarnikow divulga números atualizados da oferta mundial de açúcar

A trading Czarnikow reavaliou para cima seus números da safra 2002/03 para o açúcar. A oferta mundial deverá ficar em 147,6 milhões de toneladas de açúcar, ante uma produção de 136,3 milhões de toneladas, o que representa um aumento de 7,6%. Os números foram divulgados, ontem, pelas agências internacionais. O consumo de açúcar deve atingir 141,3 milhões de toneladas, quatro milhões de toneladas acima do ano anterior, de 137,3 milhões de toneladas.

China, Tailândia e Índia apresentaram significante aumento de produção no período. A estimativa é de que a Tailândia tenha processado 75 milhões de toneladas de cana, volume 23% superior ao do ciclo 2001/02. Para a China, as previsões também superam as expectativas iniciais, com aumento da oferta de cana e beterraba de 10,4 milhões de toneladas. A produção de açúcar da Índia totalizou 20,9 milhões, 700 mil toneladas acima do ano anterior.

Somente Cuba, de acordo com a trading, registrou redução significativa de oferta, com a produção estimada para maio em 2,1 milhões de toneladas de açúcar, abaixo das 3,8 milhões de toneladas anteriores.

Para a safra nova, a 2003/04, a expectativa é de que haja um equilíbrio da oferta e demanda. A trading trabalha com a previsão de menor oferta do Brasil, Índia e China. Outros grandes exportadores, como Austrália, União Européia e África do Sul também devem produzir menos.

X