Customização garante melhoria contínua da performance na fermentação

A seleção e a manutenção de leveduras eficientes e produtivas têm sido preponderantes para a obtenção de resultados positivos no processo de fermentação etanólica da Junco Novo. De modo geral, a utilização de leveduras de qualidade é essencial para a sobrevivência das usinas, ressalta Teresa Cristina. “Seria importante que todas as unidades realizassem esse trabalho, que gera um lucro significativo”, constata.

No caso da Usina Junco Novo, a escolha das melhores leveduras foi a grande responsável pela elevação do índice do rendimento fermentativo – destaca. Esse trabalho continua sendo desenvolvido pela MSBIO que recebe mensalmente amostras do fermento dessa unidade sucroenergética de Capela.
As leveduras usadas no processo são personalizadas, ou seja, resultantes da seleção das leveduras presentes no processo da própria unidade. São conhecidas como LPT, ou seja, Levedura do Processo Transformada.

Entenda todo o processo lendo a matéria completa. Clique aqui.

X