Cotações do etanol devem ficar em baixa no primeiro trimestre, avalia a INTL FCStone

O contexto de cotações do etanol no primeiro deste ano é majoritariamente baixista, segundo prognóstico da equipe de Inteligência de Mercado da INTL FCStone.

Divulgada em 24/01, a 17ª edição do Relatório Trimestral de Perspectivas da empresa destaca que as cotações do biocombustível devem seguir baixistas entre este janeiro e março próximo, período da entressafra nas unidades produtoras da região Centro-Sul do País.

“Os baixos patamares de preço do petróleo e os elevados estoques de álcool podem fazer com que as cotações do biocombustível permaneçam pressionadas, podendo até mesmo estender as quedas nas próximas semanas”, destaca a INTL no prognóstico.

“Vale destacar que, embora as perspectivas de alta para o óleo bruto e a forte demanda doméstica pelo etanol possam limitar essa tendência, o contexto para o setor alcooleiro brasileiro é majoritariamente baixista no 1º trimestre do ano.”

Previsão para o açúcar

A equipe de Inteligência de Mercado da INTL FCStone também avalia o mercado de açúcar. Nesse caso, relata, “o déficit global esperado para a safra atual deve continuar dando sustentação para os preços, principalmente se as perspectivas do mercado se mantiverem negativas para a próxima safra na Índia, Tailândia e União Europeia.”

“O Brasil deve ser fiel da balança entre oferta e demanda global, uma vez que preços muito favoráveis ao açúcar perante o etanol levariam a rápido aumento na produção do primeiro”, relata o documento.

“Com isso, a correlação entre os dois mercados deve crescer e será determinante para o direcionamento dos preços internacionais do açúcar.”

 

X