Cosan revê estimativa de resultado para 2009

A Cosan, maior empresa mundial do setor sucroalcooleiro, anunciou ontem a revisão de suas estimativas de resultado (guidance) para o ano fiscal 2009, que abrange o período de maio deste ano a abril do ano que vem, levando em conta a recente desvalorização do real em relação ao dólar.

“O novo guidance ressalta o forte impacto que a taxa de câmbio tem sobre os resultados da Cosan, principalmente nas suas receitas de exportação. Assim, os preços médios unitários em reais, bem como a receita líquida e a geração de caixa operacional, tiveram suas projeções elevadas”, diz a empresa. Apesar disso, a companhia ainda estima que terá um prejuízo maior, devido ao efeito do câmbio sobre sua dívida.

Em comunicado ao mercado, a Cosan informou que vê agora variação superior a 30% no preço médio unitário do açúcar e alta entre 15% e 30% no valor médio do etanol. As estimativas anteriores eram de incremento de 5% a 15%, tanto para o açúcar como para o etanol.

Com isso, a receita operacional líquida da Cosan no ano fiscal 2009 deverá aumentar mais de 30% em relação ao último exercício da companhia. A estimativa anterior era de crescimento de 15% a 30% no faturamento anual.

Apesar de ajudar o resultado operacional, o dólar mais alto exerce influência negativa sobre a dívida em moeda estrangeira da Cosan. A companhia sucroalcooleira mantém a previsão de um aumento superior a 30% no prejuízo líquido no ano fiscal 2009, em relação à perda de R$ 48 milhões no último ano.

X