Cosan confirma emissão de US$ 500 milhões em bônus

A Cosan confirmou nesta quinta-feira (9), a emissão de US$ 500 milhões em bônus pela sua subsidiária Cosan Luxembourg, com prazo de vencimento em 2027, com uma taxa de remuneração de 7,00%.

A operação faz parte da recompra de bônus 2018 e 2023 que a empresa anunciou na segunda-feira. “Esta emissão faz parte do processo amplo de gestão da estrutura de capital da companhia e tem como principal objetivo alongar o perfil de endividamento da Cosan”, informou a empresa em comunicado ao mercado.

De acordo com a Cosan, nos documentos da emissão há flexibilidade para a administração estudar formas eficientes de estruturar a companhia dentro do prazo de 36 meses, visando a simplificação de sua estrutura societária, permitindo, por exemplo, a cisão dos ativos de Gás, Lubrificantes e Terras.

A companhia tem US$ 500 milhões dos bônus de 2023 e US$ 850 milhões dos de 2018 em circulação no mercado. Os papéis de 2018 pagam cupom de 9,5%, enquanto os que vencem em 2023 remuneram 5%.

A Cosan havia desistido em dezembro de 2014 e julho de 2015 de captar no exterior, após rodada de encontro com investidores, por conta de turbulências que inviabilizaram a colocação da operação.

X