Cooperativa incrementa moagem de destilaria

Há quatro anos, quando a cooperativa Cristalcoop assumiu o controle da unidade produtora Cridasa, de Cristal do Norte (ES), a diretoria incrementou a moagem e mudou a forma de pagamento de cana implantando modelo semelhante ao Consecana.

Segundo Aldevar Marcondes Venturini Borgo, diretor presidente da Cridasa, as vendas antecipadas de álcool e o novo modelo de pagamento do Consecana, fizeram com que os produtores associados da cooperativa, ficassem capitalizados e com capacidade de investimento.

Na safra 2002/03, a destilaria processou 687 milhões de toneladas de cana e produziu 49,7 milhões de litros de álcool, contra 227 milhões de toneladas esmagadas na safra de 1999/00 e 15,4 milhões de litros de álcool.

“Além do significativo aumento de moagem, ainda investiu numa fábrica de levedura seca e uma de hidrolisar bagaço que é repassado aos associados a preço de custo, dando impulso à atividade de pecuária leiteira da região”, afirma Borgo, em visita na tarde desta quarta-feira à Ribeirão Preto (SP).

X