Contratos futuros de hidratado iniciam novo ciclo de comercialização na BM&FBovespa

Começou nesta segunda-feira, dia 6, o segundo ciclo do Programa de Formador de Mercado para o contrato futuro de Etanol Hidratado da BM&FBovespa.

O programa tem o objetivo de estimular a liquidez das negociações do biocombustível na bolsa paulistana e garantir referências de preço do hidratado para os produtores.

Para assegurar negociação mínima diária, a bolsa paulistana selecionou novamente a Usina Alta Mogiana como instituição com atuação diária obrigatória no mercado futuro de etanol hidratado na BM&FBovespa.

A seleção da usina fortalece o comprometimento de Luiz Gustavo Junqueira Figueiredo,  presidente da Câmara de Açúcar e Etanol da BM&F Bovespa e diretor comercial da Alta Mogiana, em aumentar a participação dos contratos futuros de hidratado nas negociações de produtores e compradores.

Leia Mais: Conheça as estratégias do setor para o etanol futuro na BM&F Bovespa

X