Consumo de álcool hidratado cresce 26% em junho

O consumo de álcool combustível no Brasil encerrou o mês de junho em torno de 1,9 bilhão de litros. Deste total, 1,4 bilhão de litros foi de álcool hidratado, utilizado na frota de carros flex. Segundo o diretor técnico da União da Indústria da Cana-de-açúcar (Unica), Antonio de Pádua Rodrigues, o volume de hidratado consumido em junho foi 26% superior ao registrado em igual período de 2008.

“Esta média de crescimento do consumo de hidratado em relação ao mesmo período de 2008 vem se mantendo nos últimos meses. A expansão da demanda por hidratado ficou acima de 20% em todos os meses de 2009, resultado de preços baixos do etanol na bomba”, disse. Atualmente, abastecer com álcool é vantajoso em 21 Estados.

Enquanto o volume de álcool hidratado cresce, o consumo de álcool anidro (que é misturado à gasolina) segue estabilizado em torno de 500 milhões de litros ao mês. Para Pádua, esta estabilidade do álcool ani! dro indica que o consumo de gasolina no País não está se expandindo, já que o anidro é utilizado basicamente para ser misturado à gasolina na proporção de 25%.

Segundo ele, com os automóveis flex representando em torno de 90% das vendas de veículos no País, a frota brasileira de automóveis já possui uma participação de 35% de veículos bicombustíveis. “A expectativa é de que em 2015 a frota brasileira será predominantemente flex”, disse.

X