Conheça mais sobre a Iaco Agrícola, que acaba de inaugurar usina de açúcar mascavo

Unidade produtora da Iaco, em Chapadão do Sul: aporte de R$ 83 milhões (Foto: Edemir Rodrigues/Governo MS/Divulgação)

A Iaco Agrícola inaugurou em 09/05 usina de produção de açúcar mascavo (VPH) no município de Chapadão do Sul (MS). Mas quem é a Iaco?

A empresa surgiu a partir de 1.980, quando a Fazenda Ribeirão começou a atuar no agronegócio com atividades agrícolas e pecuária em Chapadão do Sul.

Em 2006 foi iniciado o Projeto Iaco e, em 2007, a implementação do canavial.

Já em 2009 começou o processo de moagem e a industrialização do álcool anidro e hidratado.

O projeto original era de 2 milhões de toneladas/ano. Depois saltou para 2,5 / 3,2 / 4,2 e agora 4,7 milhões.

 

Safra atual 

A safra da Iaco tem médios oito meses. Na 2017/18, a unidade pretende chegar a 200 mil metros cúbicos de etanol e 200 mil toneladas de açúcar VPH. Significa perto de 28 mil sacos de 50 quilos de açúcar por dia.

A usina de VPH da Iaco contou com injeção de R$ 83 milhões que, segundo a empresa, foram investidos na ampliação da planta industrial e geraram 560 empregos.

Rocha, superintendente da Iaco: investimentos (Foto: Edemir Rodrigues/Governo MS/Divulgação)

Edson Rocha é o superintendente da Iaco. Em sua opinião, a movimentação de mercadorias aumentará a cadeia de serviços em Chapadão do Sul, haja vista que o trabalho industrial tem expediente de 24h.

Em entrevista para Diana Gaúna, da Subsecretaria de Comunicação (Subcom) do Governo do MS, Rocha disse que o progresso causa impacto em setores como segurança, saúde e habitação.

Contudo, afirmou que o aumento da circulação de dinheiro ajudou a melhorar a infraestrutura urbana para atender a demanda que gira em torno do complexo industrial. Em 2016 o governo estadual concluiu a pavimentação de 15 quilômetros da MS-425 que dá acesso à usina, um investimento de R$ 13,9 milhões.