Confira como foi a safra 18/19 das unidades da Adecoagro

A Adecoagro S.A., gigante do agronegócio que também atua no setor sucroenergético, com três unidades produtoras no Brasil, destaca como foi a safra de cana-de-açúcar 2018/19.

A moagem cresceu 10,9% totalizando 11,359 milhões de toneladas, ante 10,242 milhões de toneladas na 17/18. Mesmo no quarto quadrimestre de 2018, afetado pela estiagem entre novembro e dezembro, o processamento de cana cresceu 24,8% sobre o mesmo período de 2017: respectivamente 2,747 milhões de toneladas e 2,201 milhões de toneladas.

Etanol e açúcar

Assim como na maioria das unidades sucroenergéticas da região Centro-Sul do País, a Adecoagro maximizou a produção de etanol. As unidades da empresa totalizaram 675 milhões de litros, alta de 55,5% sobre os 434 milhões de litros da temporada anterior.

Em contrapartida, a produção de açúcar despencou 39,3%: 344,137 milhões de toneladas na 18/19, ante 567,068 milhões de toneladas no ciclo anterior.

Leia também: 

Adecoagro registra EBITDA ajustado 3,6% menor no acumulado de 2018 ante 2017

 

Energia exportada

Controladora das unidades produtoras Angélica e Ivinhema, no Mato Grosso do Sul, e a Usina Monte Alegre, em Minas Gerais, a Adecoagro ampliou em 1% a exportação de bioeletricidade cogerada da biomassa da cana.

Em 2018, o total de energia exportada somou 705,539 milhões de megawatts-hora (MWh), ante 712,425 milhões de MWh em 2017.

Confira os dados de produção das unidades da Adecoagro:

X