Como saber qual o ciclo de vida dos ativos industriais de uma usina

Para maximizar a disponibilidade e o ciclo de vida dos ativos de uma usina de cana-de-açúcar é preciso reduzir riscos da operação. Com um plano diretor bem aplicado, gestores podem saber com qual o clico de vida dos ativos da unidade produtora.

Leia mais: Você viu o que aconteceu com o JornalCana?

Estes e outros detalhes serão revelados pelo gerente industrial da BP Biocombustível, Daniel Lobo, na palestra Gestão Estratégica da Manutenção em Tempos de Mudanças, que será apresentada no 2º Curso de Custos, Perdas e Gestão Industrial que acontece no dia 9 de maio, no Centro de Eventos Zanini, em Sertãozinho (SP).

Leia mais: Confira os resultados financeiros de usinas da BP Biocombustíveis

“Acredito que o tema é extremamente importante para os gestores industriais na busca pela maximização da disponibilidade e gestão do ciclo de vida dos ativos, bem como para redução de riscos inerentes as operações industriais”, avalia Lobo. Sua palestra exibirá aos participantes uma visão geral dos pilares de um Plano Diretor de Confiabilidade e as estratégias de Gestão de Risco para obtenção de operações Seguras, Confiáveis e em Conformidade.

Leia mais: Pesquisa revela o que as pessoas pensam sobre o cultivo da cana-de-açúcar

O que mais será abordado no curso

O curso tem como objetivo apresentar cases e informações relevantes sobre os temas:

• Como Identificar, Gerenciar e Reduzir Perdas Industriais
• Benchmarking sobre Indicadores e Custos da Área Industrial
• Como integrar as áreas agrícola e industrial visando matéria-prima mais limpa e de melhor qualidade
• Melhores práticas em Gestão de Pessoas na área Industrial
• É possível Maximizar o Uso dos Ativos Industriais e obter Maior Rentabilidade Sem CAPEX?
• Gestão Estratégica da Manutenção em Tempos de Mudanças
• Cases e resultados de Otimizadores Em Tempo Real para Controle de Processos nas usinas

Saiba como garantir sua vaga clicando aqui.

X