Comissão Nacional de Cana-de-açúcar se reúne em Brasília

A Comissão Nacional de Cana-de-açúcar da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) se reúne hoje (6), das 8h às 14h, em Brasília, DF, para discutir o processo de inclusão da cana na Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM), a mobilização nacional dos produtores em relação aos preços recebidos pela tonelada, entre outros assuntos. O encontro será conduzido pelo presidente da comissão, Edison José Ustulin.

Para o presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), Raimundo Nonato Siqueira, o PGPM da cana é um assunto urgente. “Precisamos sensibilizar o Governo de que é urgente e necessário que ele assuma o compromisso de reparar as injustiças que vêm sendo praticadas contra os fornecedores de cana. O segmento produtivo não tem mais condições de continuar investindo e recebendo um valor menor que os investimentos feitos”.

Nonato, que também preside a União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida), está otimismo em relação aos resultados das reuniões. “Somos um dos principais sustentáculos econômico da região Nordeste. Empregamos uma parcela significativa de trabalhadores sem qualificação, evitando o êxodo rural e movimentando a economia de cidades do interior. Também por isso, merecemos uma atenção especial do Governo”.

X