Combustíveis crescem 5,35% em outubro

O consumo de combustíveis no Brasil cresceu 5,35% em outubro, para 9,503 bilhões de litros. Para especialistas, o desempenho sinaliza que a crise financeira ainda não provoca grandes reflexos no setor. Porém, até o primeiro semestre, a alta estava em torno dos 10%; agora, no acumulado do ano, é de 9,1%.

O maior destaque continuou sendo o álcool hidratado, que teve alta de 21,4% no mês, em comparação com o mesmo período do ano anterior. No acumulado do ano, as vendas do produto são 44,9% superiores ao verificado nos dez primeiros meses de 2007.

O consumo de gasolina C (mistura vendida nos postos com 25% de álcool anidro) também apresentou alta no mês, de 5,26%. Excluindo o volume de etanol incluído na mistura final, as vendas de gasolina pura foram de 1,67 bilhão de litros, menor do que os 1,76 bilhão de litros de etanol comercializados no País. As vendas de diesel, por sua vez, cresceram 5,49%. No acumulado do ano, o produto tem alta de 8,9%.

Na Bolsa Mercantil de Nova York, os contratos futuros de petróleo fecharam, na sexta-feira, estáveis em US$ 54,43 o barril. Em Londres, os contratos do brent fecharam com ligeira queda de 0,67%, a US$ 53,49.

X