Com safra acelerada, dona de usinas tem moagem 10% maior

caO Grupo São Martinho, controlador das usinas São Martinho, Santa Cruz e Iracemápolis, no interior paulista, e sócio da Petrobras Biocombustível (PBio) no controle da Usina Boa Vista, em Goiás, registra moagem 10,5% maior.

A alta é na comparação entre os primeiros trimestres da safra 2016/17 e da 15/16. Nos primeiros três meses da temporada atual, a companhia sucroenergética processou 8,2 milhões de toneladas.

Leia também: 8 resultados financeiros do Grupo São Martinho 

A moagem apurada no primeiro trimestre equivale a 39,8% do guidance previsto de produção da safra.

Conforme a São Martinho, o aumento é resultado de um inicio de safra mais seco, o que possibilitou a companhia a acelerar a moagem na safra.

Mais informações sobre a moagem da São Martinho (em informações consolidadas):

1T17                  1T16                 Variação

Cana processada (mil toneladas)   8.186               7.409                 10,5%

Cana própria                                      5.644               4.768                  18,4%

Cana de terceiros                              2.542                2.641                  -3,7%

Colheita mecanizada                       99,3%                98,0%               1,29 p.p.

Produtividade no Período (ton/ha) 85,4                83,2                   2,7%

ATR   médio (kg/ton)                       122,4               118,7                   3,1%

Produção:

Açúcar (mil toneladas)                    480                   423                     13,3%

Etanol anidro (mil m3 )                   154                    135                     14,5%

Etanol hidratado (mil m3 )             136                     119                     14,7%

Energia exportada (MWh)              241                    259                       -7,1%

X