Com moagem estendida, unidades do Mato Grosso do Sul chegam a 47 milhões de toneladas

Foto: Divulgação/Biosul

Unidades produtoras do Mato Grosso do Sul seguem em moagem nesta entressafra e o volume processado de cana-de-açúcar chega a 47 milhões de toneladas.

O montante supera em quase 200 mil toneladas a moagem da safra anterior, quando foram processadas 46,9 milhões de toneladas.

Os dados são da Associação de Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul (Biosul), com dados até 15/02. Segundo a assessoria da entidade, cinco unidades seguem em operação. A moagem da safra 18/19 deve ir até o último dia deste mês e, em abril, o setor dá início à temporada 19/20.

Segundo o presidente da Biosul, Roberto Hollanda Filho, o regime de produção estendido, particular ao Estado, contribuiu para alcançar a safra anterior.

“Consolidamos a produção na entressafra sinalizando uma recuperação do setor com relação à safra passada e nos aproximando da nossa expectativa inicial de moagem, que é chegar perto de 50 milhões de toneladas”, afirma.

Confira como está a produção da 18/19 no Mato Grosso do Sul, em dados da Biosul até 15/02:

Etanol hidratado: 2,3 bilhões de litros

O volume é 42% acima do produzido no mesmo período do ciclo anterior

Etanol anidro: 782 milhões de litros

O montante representa queda de 7% ante o processado no mesmo período da temporada anterior.

Produção total de etanol: 3,13 bilhões de litros

 

Açúcar: 933,7 mil toneladas

Recuo de 33% na comparação com o mesmo período da 17/18, quando a produção chegou a 1,4 milhão de toneladas

 

Mix 

84,4% para o etanol e 15,5% para o açúcar

Na primeira quinzena de fevereiro, 100% da cana foi para produção de etanol. 

ATR

A quantidade de concentração de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) por tonelada de cana foi de 133,77 kg, 2,8% acima do registro na safra passada

X