Com gasolina ‘mais barata’, hidratado deve subir menos na entressafra

Se o preço da gasolina seguir viés de baixa, como tem ocorrido nos últimos dias, o valor do etanol também deverá subir menos no período da entressafra.

Se confirmada, será uma notícia ruim para as 350 unidades produtoras que operam na safra 2018/19. A temporada está em fase final na região Centro-Sul.

A entressafra no Centro-Sul deve durar até cinco meses, sendo uma das maiores já registradas pelas unidades da região.

“Entressafra longa sempre é um problema”, disse ao JornalCana o conselheiro consultivo de companhia controladora de quatro unidades e que encerra nessa semana a safra de sua principal unidade, localizada no interior paulista.

A entressafra longa é um problema, como descrito pelo empresário, por conta de as unidades terem custos mas não terem produção nova. As expectativas, no caso, se voltam para a venda do etanol estocado.

Mas a previsão de baixa nos preços da gasolina, com impacto direto nos preços do etanol, amplia as preocupações do setor.

No máximo R$ 0,25

Tarcilo Rodrigues, diretor da comercializadora Bioagência, disse para a Agência Reuters que o litro do hidratado para usinas deverá subir no máximo R$ 0,25 durante a entressafra.

Pelas suas projeções, somando-se impostos e demais tributos, o etanol nas usinas paulistas pode atingir algo entre R$ 2,35 e R$ 2,45 por litro na entressafra, de R$ 2,18 atualmente.

 

X