Com economia em lenta recuperação, carga de energia elétrica deverá crescer 3,6% em 2019

Nos anos seguintes, carga avançará 3,9% ao ano até 2023