Clealco inaugura Centro Cultural e Educacional

O Grupo Clealco inaugurou em novembro, no município de Clementina, SP, o Centro Cultural e Educacional “Kenkiti Kimura”, em parceria com fornecedores. O espaço será utilizado para qualificação profissional. O objetivo é aumentar a qualidade de vida dos colaboradores e da população da região.

O prédio de 1,3 mil m² começou a ser construído em junho de 2008 e possui três espaços para atividades. Há um anfiteatro com capacidade para 260 pessoas, além de salas para realização de cursos técnicos e aperfeiçoamento profissional.

A iniciativa surgiu da necessidade de se ter mão de obra mais preparada e capacitada para atender à demanda das usinas de Clementina, na região de Araçatuba, e Queiroz, na região de Marília. O projeto prevê em breve as instalações de biblioteca e sala de informática, além da realização de eventos culturais, como teatros e shows.

O Centro Cultural leva nome de Kenkiti Kimura, acionista e membro do conselho administrativo da Clealco, falecido em janeiro deste ano, aos 74 anos. Kimura esteve presente na Clealco desde a fundação da usina. Com muito conhecimento em cultivo e tratos de solo, contribuiu para a expansão da unidade e da cana-de-açúcar na região.

Clealco inaugura Centro Cultural e Educacional

O Grupo Clealco inaugura nesta sexta-feira (27), em Clementina, SP, o Centro Cultural e Educacional “Kenkiti Kimura”, em parceria com fornecedores. O espaço será utilizado para qualificação profissional. O objetivo é aumentar a qualidade de vida dos colaboradores e da população da região.

O prédio de 1,3 mil m² começou a ser construído em junho de 2008 e possui três espaços para atividades. Há um anfiteatro com capacidade para 260 pessoas, além de salas para realização de cursos técnicos e aperfeiçoamento profissional.

A iniciativa surgiu da necessidade de se ter mão de obra mais preparada e capacitada para atender à demanda das usinas de Clementina, na região de Araçatuba, e Queiroz, na região de Marília. O projeto prevê em breve as instalações de biblioteca e sala de informática, além da realização de eventos culturais, como teatros e shows.

O Centro Cultural leva nome de Kenkiti Kimura, acionista e membro do conselho administrativo da Clealco, falecido em janeiro deste ano, aos 74 anos. Kimura esteve presente na Clealco desde a fundação da usina. Com muito conhecimento em cultivo e tratos de solo, contribuiu para a expansão da unidade e da cana-de-açúcar na região.

X