Clealco conclui acordo financeiro e projeta início de novo ciclo virtuoso

Conteúdo da assessoria da Clealco: 

Após cenário desafiador nas últimas safras, decorrente de uma crise do setor sucroenergético agravada por fatores climáticos, a Clealco anuncia fato relevante para a retomada de bons resultados.

A Companhia concluiu na sexta-feira (18/08) um importante acordo para reestruturação do seu passivo junto às principais instituições financeiras credoras, que representam mais de 80% do montante.

A renegociação prevê que os vencimentos da dívida sejam amortizados em até sete anos, prazo mais adequado a estrutura de capital e investimentos da Companhia. Este alongamento irá possibilitar que a Clealco regularize em breve seus compromissos com principais parceiros e realize investimentos para recuperação e desenvolvimento de canaviais.

“O reperfilamento da dívida é uma clara demonstração de confiança dos credores na gestão e capacidade operacional da Clealco e na recuperação do setor. Mesmo em um contexto ainda desafiador, é um avanço significativo para que possamos obter ganhos financeiros e de produtividade nos próximos anos, ampliando a atratividade da Companhia para captação de investimentos”, declara Gabriel Carvalho, Diretor Administrativo da Clealco.

Na Safra 2017/2018, a Clealco tem alcançado resultados operacionais positivos em comparação a ciclos anteriores, registrando em julho seu melhor mês histórico em volume de moagem e produção de açúcar.

Em consonância às melhores práticas de governança corporativa, a Companhia também adequou sua estrutura executiva e profissionalizou parte do Conselho de Administração.

Para o exercício atual, a previsão de faturamento da Clealco é de R$ 1,4 bilhão, com Ebitda de 33,6%, aumento de 10.5 pontos percentuais em relação ao período 2016/2017. A moagem prevista é de 9,1 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, com produção de 677,5 mil toneladas de açúcar VHP e 268,6 mil m³ de etanol.

X