Cima dará respaldo para a alteração da mistura do álcool

Os representantes do Cima (Conselho Interministerial do Açúcar e do Álcool) deverão dar, ainda neste mês, o aval para a alteração da mistura do álcool na gasolina. A elevação da mistura dos atuais 20% para 25% foi dada como certa pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que esteve em visita, no dia 2 de maio, na Agrishow – maior feira de agronegócios do país.

Segundo Ângelo Bressan, diretor de açúcar e álcool do Ministério da Agricultura, a aprovação do Cima, neste caso, é apenas para cumprir a formalidade, já que a palavra do presidente foi empenhada.

A alteração dos atuais 20% para 25% deve enxugar 350 milhões de litros nesta safra, que terá uma produção de 1,5 bilhão de litros a mais no ciclo 2003/04.

X