Cide pode ser dividida entre os estados

O ministro da Fazenda, Antonio Palocci Filho, afirmou que considera razoável que a arrecadação da Contribuição de Intervenção sobre o Domínio Econômico (Cide) seja repartida com os governos estaduais. Segundo ele, isso vai depender de o governo poder utilizar o adicional da Cide permitido pelo Congresso Nacional. “Nas condições que a Cide está hoje, está dentro das contas fiscais da União e é muito difícil mexer nisso”, completou. O ministro acredita que confirmada a tendência de preço de combustíveis, dólar e inflação em queda, pode se ter uma Cide maior, até mesmo como instrumento regulador para o preço dos combustíveis. Dessa forma, acrescentou, a Cide terá uma arrecadação maior e com isso seria razoável pensar na idéia de compartilhar parte dessa arrecadação com os governos estaduais.

X