Chuvas interrompem a safra na maioria das usinas paulistas

chuvas fortesA maioria das 150 unidades sucroenergéticas em operação no interior paulista interrompeu a safra entre segunda-feira (30/05) a quinta-feira (02/06).

Levantamento do Portal JornalCana revela que as interrupções variam conforme a incidência pluviométrica registrada nas regiões do estado de São Paulo.

Mais afetada pelas chuvas, a região de Ribeirão Preto, que é polo tradicional com 45 unidades produtoras, registrou paralisações de colheita de cana-de-açúcar por até quatro dias seguidos.

“Interromper a colheita da matéria-prima por quatro dias é suicídio”, afirma o executivo de uma unidade com moagem prevista de 3 milhões de toneladas de cana para a safra 2016/17. Segundo ele, que pediu para não ser identificado, a unidade só consegue trabalhar com cana estocada por até três dias. “Depois disso, a cana perde qualidade.”

Leia também: Chuva acelera preços do etanol 

Mais afetada

Das regiões canavieiras do interior paulista, a de Ribeirão Preto, segundo apurou o Portal JornalCana, está entre as mais prejudicadas pelas chuvas.

As usinas São Luiz e São João, localizadas em Pirassununga e controladas pela Abengoa Bioenergia, do grupo espanhol Abengoa, exemplificam o impacto das chuvas nas operações da safra.

A Abengoa Bioenergia informa para o Portal JornalCana que a colheita de cana foi interrompida nessa semana nas duas unidades.

Conforme a companhia sucroenergética, todo o estoque de cana já tinha sido utilizado até a tarde da quinta-feira (02/06).

A previsão da empresa é retomar a colheita, e a moagem, no fim de semana. Ainda assim, se as chuvas forem interrompidas nessa sexta-feira (03/06).

Leia também: Brasil agenda exportação de açúcar 170% maior

A situação das usinas da Abengoa é a mesma da maioria das unidades da região de Ribeirão Preto, conforme apurado.

 

Torcida

A torcida dos gestores das unidades paulistas é para a interrupção das chuvas nessa sexta-feira (03/06), para a retomada da colheita e do processo de moagem.

Conforme a empresa de serviços meteorológicos Climatempo, a torcida dos gestores das usinas terá sucesso no sábado (04) e no domingo (05), quando estão previstas apenas pancadas de chuvas em Ribeirão Preto e região. Mas a estimativa é de nova temporada de chuvas a partir da segunda-feira (06/05).

Confira no Portal JornalCana mais conteúdo noticioso relacionado com o impacto das chuvas nas usinas de cana-de-açúcar.

Contate o autor deste conteúdo: delcymack@procana.com.br

X