Chuva atrapalha moagem de cana no Centro-Sul

img7256

As chuvas da primeira quinzena de junho foram as responsáveis pela marca similar de moagem de cana-de-açúcar pelas unidades produtoras da região Centro-Sul. Isso porque segundo a Unica, o volume atingiu 35,140 milhões de toneladas na primeira metade de junho, praticamente o mesmo volume verificado na quinzena anterior (35,136 milhões de toneladas de cana-de-açúcar).” Como observado na quinzena passada, a colheita também foi prejudicada nos primeiros quinze dias de junho pelas chuvas que ocorreram nas principais regiões produtoras do País”, diz Antonio de Padua Rodrigues, diretor técnico da entidade.

Em seu boletim, a Unica explica que no acumulado desde o início da atual safra até 16 de junho, o volume processado de cana-de-açúcar somou 151,64 milhões de toneladas – 56,86% superior ao apurado no mesmo período de 2012, porém 12,82% abaixo da quantidade moída na safra 2010/2011, quando se registrou moagem total recorde de 556,95 milhões de toneladas na região Centro-Sul.

Nesse contexto,a qualidade da matéria-prima, ou a quantidade de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) por tonelada de cana-de-açúcar processada atingiu 125,30 kg por tonelada nos primeiros 15 dias de junho, uma queda de 5,16% em relação ao índice registrado na última quinzena. Mas segundo a entidade, no acumulado desde o início da safra 2013/2014 até 16 de junho, o teor de ATR totalizou 122,10 kg por tonelada de matéria-prima, crescimento de 4,82% comparativamente a igual período do ano anterior. 

X