Centro-Sul esmagou 438,4 mi ton de cana até 16 de novembro

A moagem de cana-de-açúcar na região Centro-Sul do País alcançou 438,4 milhões de toneladas na primeira quinzena de novembro. O volume é 10,5% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado. Os dados são da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar).

A produção de açúcar totalizou 23,8 milhões de toneladas no referido período, pouco maior do que as 24,6 milhões de toneladas do ano passado. Já a produção de etanol alcançou 21,5 bilhões de litros, frente aos 18,48 bilhões de litros registrados no mesmo período de 2007.

O total de cana esmagada nesta safra já supera o total esmagado na safra 2007/08 em 1,7%, o equivalente a 7,33 milhões de toneladas. Na primeira quinzena de novembro, a moagem do Centro-Sul atingiu 25,88 milhões de toneladas, 47,63% a mais do que na mesma quinzena da safra passada.

A Unica atribui o desempenho à ocorrência de chuvas, que na atual safra foi inferior nesse período em comparação ao verificado na safra 2007/08. Também influiu no resultado a quantidade maior de usinas em operação.

As condições climáticas se apresentam mais favoráveis à colheita de cana na segunda quinzena de novembro, sendo assim, a Unica acredita que a moagem deva alcançar 487 milhões de toneladas.

Até a primeira quinzena de novembro do ano passado, 47 unidades já haviam encerrado a safra. Já no mesmo período deste ano, apenas 14 encerraram a moagem. Das 32 novas unidades com previsão de início de moagem nesta safra, 28 já estão em operação.

No período, o etanol foi produzido com 59,67% da cana colhida. No mesmo período do ciclo anterior, foram 55,15%. A produtividade da cana caiu 12,40%, para 54,39 toneladas por hectare. A região centro-sul responde por quase 90% da safra nacional de cana-de-açúcar.

Safra 2009/10

Segundo a empresa de consultoria Datagro, na safra 2009/10, as usinas do Centro-Sul deverão moer 520 milhões de toneladas, contra 480 milhões de toneladas em 2008/09. A produção de açúcar da região, que responde por quase 90% da safra nacional de cana, foi estimada em 27,8 milhões de toneladas para 2009/10, contra 25,5 milhões no ciclo atual. Já a produção de álcool deve atingir 25,5 bilhões de litros no ano que vem, ante 23,9 bilhões de 2008/09.

X