Case IH participa de programa de capacitação de mão-de-obra

A Case IH é uma das grandes parceiras do governo do Mato Grosso no Projeto Parceria Rural Agricultura. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego e Cidadania (Setec), juntamente com prefeituras, Sindicatos Rurais e empresas privadas, o programa – único no Brasil – percorre cidades no Mato Grosso com cursos para operador de máquinas e de implementos agrícolas.

O programa oferece qualificação para profissionais entre 18 e 60 anos. “É um projeto de grande referência e principalmente de inclusão social, pois pessoas de baixa renda e sem escolaridade têm oportunidade de mudar suas vidas”, afirma Rosamaria Ferreira de Carvalho, coordenadora do projeto.

O Parceria Rural tem como objetivo a capacitação de mão-de-obra para atender a crescente demanda do mercado agrícola mato-grossense. “Os produtores precisavam de mão-de-obra e traziam pessoas de outros estados para trabalhar aqui. Essas pessoas mandavam o que ganhavam para o seu estado de origem, o que prejudicava a rotatividade da economia local. Este programa vem para sanar a necessidade da economia, do produtor e do empregado”, explica Rosamaria, contabilizando que desde o início dos treinamentos, em agosto de 2003, mais de 6 mil alunos participaram das aulas, dos quais 70% estão empregados.

Consciente do seu papel no desenvolvimento da agricultura brasileira, a Case IH apóia o projeto desde o início. “Sabemos da importância da qualificação de mão-de-obra para o setor, e em especial no Mato Grosso, que mesmo sendo um dos maiores produtores agrícolas do país, onde a tecnologia no campo é evidente, sofria com falta de profissionais para operar esta tecnologia”, contextualiza Dirceu Jacó Duranti, Gerente do Centro Avançado Case IH de Cuiabá MT, a casa da Case IH no Mato Grosso.

Este ano, dentro do projeto, os instrutores da Case IH percorreram 10 cidades do interior do Mato Grosso, aperfeiçoando o conhecimento sobre máquinas agrícolas de quase mil pessoas. Na fase de treinamento oferecido pela marca, o curso aborda tópicos de segurança pessoal e segurança do equipamento para prevenção de acidentes, instrui sobre a cabine de operação, comandos, instrumentos e painel do operador.

“No treinamento prático os alunos aprendem como fazer a correta manutenção do motor, como funciona a transmissão, onde estão envolvidos a caixa de câmbio e eixo traseiro, escalonamento de marchas, o uso correto da embreagem, mudança de marchas e gamas, bloqueio do diferencial traseiro, freio, lastro, bitola, pneus, tomada de força, os sistema hidráulico, de bombas, de direção, levantador de três pontos, controle remoto, óleos lubrificantes, graxas, índice de antecipação, índice de patinação, acoplamento de implementos e ajustes”, enumera Jair José Horbach, instrutor de treinamentos da Case IH envolvido no programa.

Treinamento Case IH

A Case IH possui dois Centros de Treinamento, localizados em Piracicaba (SP) e em Cuiabá (MT), reinaugurado no início de 2009 no Centro Avanço de Suporte ao Cliente Case IH. A marca possui ainda o Centro de Treinamento Móvel, que vai até o local do treinamento, de acordo com solicitação da concessionária Case IH que atende cada região, e é uma das grandes parceiras do Programa de Requalificação de Trabalhadores em Operações Manuais da Cana-de-açúcar (RenovAção), programa da UNICA – União da Indústria de Cana-de-açúcar.

Até o final de 2009 devem ser treinadas pela Case IH 1.743 pessoas no ramo de tratores e 2.842 pessoas na área de colheitadeiras. “O número de treinamentos aumenta 30% a cada ano, na medida em que estamos abrindo mais concessionários e os atuais estão aumentando sua força de vendas, por conta do crescimento do mercado e dos novos lançamentos da empresa”, afirma Ari Kempenich, gerente de marketing da Case IH.

X