Carta de intenções entre Petrobras e BP prevê distribuição de combustíveis renováveis

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Sede da Petrobras no Rio de Janeiro, Brasil
13/04/2017
REUTERS/Ricardo Moraes

A Petrobras e a British Petroleum (BP) formalizaram assinatura de carta de intenções (LOI) em 18/10. Entre outras cooperações conjuntas, a LOI prevê atuação na área de distribuição de combustíveis renováveis.

As duas companhias operam no setor sucroenergético brasileiro. A britânica BP controla três unidades processadoras de açúcar e de etanol, sendo duas no estado de Goiás e uma no estado de Minas Gerais. Já a estatal petrolífera mantém participação acionária na usina de cana Bambuí, localizada em Minas Gerais.

Conforme comunicado da Petrobras, a LOI com a BP é “para identificar e avaliar conjuntamente oportunidades de negócio, envolvendo ativos ou empreendimentos no Brasil e no exterior.”

O documento, conforme a empresa, prevê cooperação nas áreas de exploração & produção, refino, transporte e comercialização de gás, GNL, trading de petróleo, lubrificantes, combustível de aviação, geração e distribuição de energia, renováveis, tecnologia e iniciativas de baixa emissão de carbono, visando o desenvolvimento de uma potencial aliança estratégica entre as companhias.

A LOI foi assinada em Londres, em 18 de outubro de 2017, pelo diretor executivo de Refino e Gás Natural, da Petrobras, Jorge Celestino, e pelo Presidente de Upstream da BP, Bernard Looney.

Partilha

A LOI não é única parceria entre a BP e a Petrobras. Juntamente com a britânica, a estatal brasileira participou da terceira rodada de licitação da ANP sob o regime de partilha de produção, tendo adquirido direitos de exploração e produção para o bloco Alto de Cabo Frio Central, em um consórcio 50%-50%; e para o bloco Peroba, juntamente com a CNODC, subsidiária da CNPC, em um consórcio 40% Petrobras, 40% BP e 20% CNODC.

A diretoria da estatal também assinou com a CNPC, em 4 de julho de 2017, um Memorando de Entendimento com o objetivo de formar uma aliança estratégica abrangente.

“Para nós, a realização de parcerias é uma estratégia importante do Plano de Negócios e Gestão 2017-2021. As parcerias estratégicas têm como benefícios potenciais o compartilhamento de riscos, o aumento da capacidade de investimentos na cadeia de óleo e gás, o intercâmbio tecnológico e o fortalecimento da governança corporativa”, relata a Petrobras em comunicado.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.