Capital do Paraná é sede do I Agronegócio Brasil

Segurança alimentar, meio ambiente, sustentabilidade, arborização urbana, acessibilidade, biotecnologia, bioenergia, uso adequado dos agrotóxicos e rastreabilidade são alguns dos assuntos em debate no ANB (Agronegócio Brasil), que começou ontem (29) e vai até sábado em Curitiba, PR. Os organizadores esperam reunir cerca de 30 mil visitantes, no Expo Unimed.

De acordo com o presidente da Associação dos Engenheiros Agrônomos do Paraná (AEAPR/Curitiba), Luiz Antonio Lucchesi, o objetivo é aproximar o público urbano e rural, reunindo em um único espaço agricultores, empresários, lideranças do setor e comunidades científica e tecnológica.

“Curitiba é um dos maiores centros difusores do agronegócio brasileiro, sede de grandes empresas do setor. A idéia é transformar a capital do estado mais agrícola da federação em um fórum de discussão para valorizar e engrandecer ainda mais esse segmento da economia em uma sociedade cada vez mais urbanizada”, conta.

Entre os destaques da programação está o Simpósio Nacional sobre Agronegócio e Segurança Alimentar, evento de caráter técnico-científico que contará com a presença do ex-ministro da agricultura, Allyson Paulinelly e do pesquisador da Embrapa Soja, Alexandre Lima Nepomuceno.

Em paralelo aos eventos técnicos, acontece a Feira de Fornecedores de Produtos, Equipamentos, Tecnologias e Serviços para o Agronegócio.

X