Canavieiros nordestinos realizam manifestação em Recife

Produtores de cana-de-açúcar do Nordeste participam, nesta terça-feira (2), em Recife, de uma manifestação pública para chamar a atenção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a grave crise que vive o setor sucroenergético daquela região. Lula estará hoje na capital Pernambucana.

Entidades representativas do setor, nos estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte, Sergipe e Bahia, se reunirão na sede da Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco (AFCP), no bairro da Imbiribeira, ponto de partida da manifestação. De acordo com a Asplan (Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba), 300 produtores paraibanos devem comparecer ao encontro.

“Estamos mobilizando vários fornecedores para unirmos nossas forças, juntamente com produtores canavieiros de toda região. Queremos sensibilizar o presidente sobre as imensas dificuldades que estamos vivendo. É urgente e necessário que ele assuma o compromisso de reparar as injustiças que vêm sendo praticadas contra os fornecedores de cana do Nordeste”, disse o presidente da Asplan, Raimundo Nonato

Segundo Nonato, que também preside a Unida (União Nordestina dos Produtores de Cana), entre as reivindicações estão a viabilização da Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM), a inclusão da cana no Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (Pepro), além de políticas de compensação, em caráter emergencial, por conta das perdas na última safra, motivadas pelo baixo preço pago pela matéria-prima.

X