Bunge reverte prejuízo e tem lucro de US$ 292 milhões no trimestre

Na esteira de bons resultados das operações de agronegócio, a Bunge inverteu o prejuízo de um ano antes e reportou hoje que teve lucro no quarto trimestre de 2010.

Entre outubro e dezembro do ano passado, os ganhos da empresa – já excluindo dividendos – somaram US$ 292 milhões, resultado que reverte as perdas de US$ 28 milhões do mesmo período de 2009.

O resultado operacional medido pelo Ebit (sigla em inglês para lucro antes de juros e impostos) ficou positivo em US$ 381 milhões, um salto em relação ao montante de apenas US$ 18 milhões de um ano antes. Só a divisão de agrobusiness, respondeu por US$ 377 milhões do Ebit, superando os US$ 65 milhões do quarto trimestre de 2009.

Apesar de uma queda de 3,3% nos volumes negociados, que chegaram a 32,179 milhões de toneladas nos três meses, a receita líquida do grupo cresceu 21,9% n a comparação anual, para US$ 12,726 bilhões.

No balanço, o brasileiro Alberto Weisser, presidente da Bunge, diz que resultados sólidos no agronegócio foram parcialmente compensados por dificuldades nas operações de açúcar e bioenergia, segmento em que a empresa auferiu perdas de US$ 56 milhões no Ebit do quarto trimestre.

Tal desempenho é atribuído à estiagem em campos de cana-de-açúcar no Brasil, além de “desafios” decorrentes do início de algumas usinas.

A empresa informa que a seca brasileira no ano passado reduziu a disponibilidade de cana para moagem neste ano. Como resultado, a Bunge espera processar 17 milhões de toneladas de cana em 2011, um volume abaixo da capacidade de moagem do grupo, de 21 milhões de toneladas, mas significativamente acima do nível de 2010 (13,5 milhões de toneladas).

“Esperamos que todas nossas oito usinas estejam em operação. A demanda global por açúcar está crescendo e esperamos um ambiente positivo para o negócio de comercialização. O mercado brasileiro de etanol continua forte”, comenta, também no balanço, o diretor financeiro, Drew Burke.

Segundo ele, os resultados da operação sucroalcooleira deverão ganhar peso até o segundo semestre, em razão da sazonalidade na colheita de cana-de-açúcar no Brasil.

Com o desempenho do quarto trimestre, a Bunge fechou 2010 com lucro de US$ 2,287 bilhões, já deduzidos de dividendos. O resultado corresponde a um salto em relação aos ganhos de US$ 283 milhões de 2009.

Além desses números, a companhia informou que pretende realizar neste ano investimentos de aproximadamente US$ 1 bilhão, sendo 30% do montante destinado a manutenção e projetos de segurança e preservação ambiental.

X