Brenco participa de exposição sobre biocombustíveis

A Brenco (Companhia Brasileira de Energia Renovável) participa, de 17 a 21 de novembro, da 1ª Exposição Internacional de Biocombustíveis, organizada pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e pelo Arranjo Produtivo do Álcool (Apla), no Hotel Hyatt, em São Paulo, SP.

O evento reunirá 70 expositores, entre empresas, entidades setoriais e órgãos do Governo. O objetivo é mostrar à comunidade internacional a tecnologia brasileira para produção de biocombustíveis. No estande da Brenco, uma equipe estará à disposição para apresentar o projeto da companhia de produção de etanol em escala mundial com foco em sustentabilidade.

A mostra acontece paralelamente à 1ª Conferência Internacional sobre Biocombustíveis, organizada pela Casa Civil e pelo Ministério das Relações Exteriores. O evento vai reunir chefes de Estado, autoridades públicas, comunidade científica e acadêmica, iniciativa privada, sociedade civil e ONGs para debater temas como segurança energética, produção e uso sustentáveis, agricultura, processamento industrial, além de questões ligadas a especificações e padrões técnicos, comércio internacional e o futuro dos biocombustíveis.

A Brenco está implantando um projeto de escala mundial para a produção de energia renovável para os mercados internacional e doméstico. Para isso, vai investir cerca de R$ 5,5 bilhões até 2015, na implantação de três pólos bioenergéticos, com até 12 unidades industriais.

A empresa quer atingir capacidade de processamento de 44 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por ano, o equivalente à produção anual de 3,8 bilhões de litros de etanol, além da cogeração de 690 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana. A companhia está desenvolvendo projetos greenfield, apenas para produção de energia.

X